O Jovem Rico

Felipe Miranda O. Morais Livros Deixe Seu Comentário

O JOVEM RICO

(Mateus 19:16-24)

 

Jesus confrontou o jovem em pelo menos 3 pontos principais, os quais estão a seguir:

  1. Amor a Deus (Obediência) – Quem me ama, faz a minha vontade;

 

  1. Amor ao próximo (Compartilhar) – Vende tudo e dá aos que necessitam;

 

  1. Quem e o quê é prioridade na sua vida? (Amar a Deus sobre todas as coisas)

 

  • Obediência

 Só receberemos as bênçãos de Deus se guardarmos os Seus mandamentos, e o Seu maior mandamento é este: praticar o Amor, em fé e também em obras. (Mateus 22:36-40)

“E qualquer coisa que lhe pedirmos, Dele a receberemos, porque guardamos os Seus mandamentos e fazemos o que é agradável à Sua vista”. (1 João 3:22).

 

  • Compartilhar

Quando Jesus disse “vá e vende tudo”, Ele dizia ao jovem que agora o “TUDO” que ele tinha era a presença de Deus, e nada mais o importava, pois o dono de tudo agora estava ao seu lado. Mas o jovem não conseguiu abrir mão do “tudo” que ele possuía, pois sua fé era baseada em coisas terrenas, mandamentos de homens, liturgias, etc.

 

  • Prioridade

Devemos sempre saber que; Deus é o mais importante para nós. Ele não é apenas mais uma coisa importante; Ele está sobre todas as coisas. Se Deus não estiver em primeiro lugar em nossas vidas, de nada adianta o resto.  Ele está em primeiro lugar, mas não pode haver segundo plano para competir com Ele em nossos corações.

A CURA

(Marcos 3:1-5)

3:1 –  E outra vez entrou na sinagoga, e estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada.

3:2 –  E estavam observando-o se curaria no sábado, para o acusarem.

3:3 –  E disse ao homem que tinha a mão mirrada: Levanta-te e vem para o meio.

3:4 –  E perguntou-lhes: É lícito no sábado fazer o bem, ou fazer o mal? Salvar a vida, ou matar? E eles calaram-se.

3:5 –  E, olhando para eles em redor com indignação, condoendo-se da dureza do seu coração, disse ao homem: Estende a tua mão. E ele estendeu, e foi-lhe restituída a sua mão, sã como a outra.

 

No livro de Marcos, podemos aprender pelo menos em 8 pontos a partir desse milagre que Jesus operou, ao curar um homem que tinha uma das mãos deficientes. Em Marcos 3:1-5, nota-se:

  1. A presença de Deus. Jesus entrou na sinagoga;
  2. O homem agora estava na presença de Deus;
  3. Muitos estão na igreja para observar e para acusar;
  4. O homem que tinha uma das mãos mirradas, não aprendeu a apontar o dedo;
  5. Aquele homem era humilhado por ser deficiente;
  6. Jesus lhe diz para sair dos cantos e vir para o meio;
  7. Cristo queria tirar aquele homem da margem e colocá-lo no “centro” da Sua vontade;
  8. Jesus confronta os acusadores com uma pergunta e eles se calam.

 

“Para sermos salvos, devemos fazer a Vontade de Deus”.

 

A Palavra de Deus nos diz que Para sermos salvos, precisamos primeiro estar dentro da Vontade de Deus.  Não há como alcançarmos a salvação sem primeiro desejá-la. E desejar a salvação não é apenas um sentimento, mas uma atitude concreta. É demonstrar em fé e também em obras o quanto estamos dispostos a abrir mão das coisas que ocupam espaços em nosso coração e impedem que Ele venha agir, em nossas vidas por completo.

 

“Nem todo aquele que diz: Senhor, Senhor! Entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a Vontade de meu Pai, que está nos céus”. Mateus 7:21

 

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a cobiça dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a Vontade de Deus permanece para sempre”. I João 2:15-17

 

Para fazermos a Vontade de Deus, devemos conhecer o que o Senhor nos diz através da Sua Palavra.

 

2 Pedro 3:16 – Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.