A parábola da figueira

Felipe Miranda Uncategorized Deixe seu comentário

[- Leia até o m, pois será útil –  ]

“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, SABEIS QUE ESTÁ PRÓXIMO o verão. Igualmente, QUANDO VIRDES todas ESSAS COISAS, sabei que ele está próximo, às portas.” Mateus 24:32-33

“E disse-lhes uma parábola: Olhai para a figueira, e para TODAS as árvores; Quando já têm rebentado, vós sabeis por vós mesmos, vendo-as, que perto está já o verão. ASSIM TAMBÉM vós, QUANDO VIRDES acontecer ESTAS COISAS, sabei que o reino de Deus está perto.” Lucas 21:29-31

# VER QUÊ COISAS?

O Senhor Jesus Cristo disse:

“QUANDO VIRDES acontecer ESTAS COISAS...”

Muitas vezes não nos questionamos a que “coisas” Ele estava se referindo.

Mas, basta ler do que Ele estava falando pouco antes de aplicar essa parábola para compreender:

– em (Mateus 24:29) diz:

E, logo depois da aflição daqueles dias, 1- O SOL ESCURECERÁ,
2- e A LUA NÃO DARÁ A SUA LUZ,
3- e AS ESTRELAS CAIRÃO DO CÉU,

4- e AS POTÊNCIAS DOS CÉUS SERÃO ABALADAS. – em (Lucas 21:25-26) diz:
E haverá
1- SINAIS NO SOL

2- e NA LUA
3- e NAS ESTRELAS;

4- e NA TERRA ANGÚSTIA das nações, em PERPLEXIDADE pelo BRAMIDO DO MAR e DAS ONDAS.

5- HOMENS DESMAIANDO de TERROR, na EXPECTAÇÃO das coisas que sobrevirão ao mundo;

porquanto AS VIRTUDES DO CÉU SERÃO ABALADAS.

AS REFERÊNCIAS DE ÁRVORES SÃO:

VIDEIRA = JESUS CRISTO OLIVEIRA = ISRAEL

# JESUS CRISTO REFERE A SI MESMO COMO UMA VIDEIRA

“Eu [JESUS CRISTO] sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador.” João 15:1

# ISRAEL É APRESENTADO COMO UMA OLIVEIRA

“Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira [ISRAEL], quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira!” Romanos 11:24

# PORÉM AQUI, A FIGUEIRA NÃO SE REFERE A NENHUMA PESSOA OU NAÇÃO!

Muitos tem se aventurado em suas interpretações e aplicado sentido à FIGUEIRA como se o Senhor Jesus Cristo estivesse fazendo uma referência a Israel.

Mas, basta ler as Escrituras que logo se percebe que essa parábola simplesmente SE REFERE AOS EVENTOS que precedem a Vinda do Senhor.

Na verdade, a importância dessa PARÁBOLA não está na própria Figueira e sim nos TEMPOS E ESTAÇÕES dos BROTOS!

O Senhor Jesus Cristo sempre utilizou de parábolas simples e objetivas. Sintetizando uma explicação de modo que todos pudessem compreender (e nada lhes falava sem parábolas – Mateus 13:34). Ele sempre utilizava a “linguagem do campo” para transmitir suas mensagens. Ora, falava de uma semente, ou de uma plantação, de animais, etc...

– em (Lucas 21:29) diz:
“Olhai para a figueira, e para TODAS as árvores”

Logo se percebe que não se trata de uma árvore isoladamente, ou localidade, etc...

Justamente por isso o Apóstolo Paulo diz,  – em (1 Tessalonicenses 5:1):
“Mas, irmãos, acerca dos TEMPOS e das ESTAÇÕES, NÃO NECESSITAIS de que se vos escreva”

O que são “Tempos e Estações”?

– São os SINAIS da Vinda do Senhor.

Mas, por que não era necessário escrever sobre essas coisas?

– Fica evidente que a Igreja já estava instruída em relação a todos esses EVENTOS.

# TAIS SINAIS SERÃO TÃO EVIDENTES QUE A APROXIMAÇÃO DO DIA DO SENHOR ESTARÁ CLARA:

E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e O SOL TORNOU-SE NEGRO como saco de cilício, e A LUA TORNOU-SE COMO SANGUE; E AS ESTRELAS DO CÉU CAÍRAM sobre a terra, COMO QUANDO A FIGUEIRA LANÇA DE SI OS SEUS FIGOS VERDES, abalada por um vento forte.

E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares. E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo o servo, e todo o livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas; E diziam aos montes e aos rochedos:

Caí sobre nós, e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro; PORQUE É VINDO O GRANDE DIA DA SUA IRA; e quem poderá subsistir?

Apocalipse 6:12-17

# CONCLUSÃO

Portanto, qualquer um que quiser reduzir tal parábola a uma referência exclusiva a Israel certamente está desvirtuando o real sentido das Sagradas Escrituras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.