Gênesis 40 – José na Casa do Cárcere

Felipe Morais Curso Bíblico Online 1 Comentário

GÊNESIS – 40 – JOSÉ, na Casa do Cárcere

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ESTUDO

Um Protótipo da Crucificação de Cristo

Vamos analisar juntos cada porção desse capítulos? (Gênesis 40:1-23)

v.1 – Algum tempo depois, o copeiro e o padeiro do rei do Egito fizeram uma ofensa ao seu senhor, o rei do Egito.

Logo de início vemos aqui a figura de 2 transgressores. Isso te lembra algo? Exatamente. Os dois ladrões que foram crucificados com Jesus!

  • Mateus 27:38 diz: “Dois ladrões foram crucificados com ele, um à sua direita e outro à sua esquerda.” – e Mateus 27:44 nos afirma que ambos insultaram a Jesus: “Igualmente o insultavam os ladrões que haviam sido crucificados com ele.”
  • Marcos 15:27,28 revela-nos que isso era o cumprimento de uma profecia do AT: “Com ele crucificaram dois ladrões, um à sua direita e outro à sua esquerda, e cumpriu-se a Escritura que diz: “Ele foi contado entre os transgressores”. – essa profecia encontra-se em Isaías 53:12 que diz: “e foi contado entre os transgressores.”
  • Lucas 23:32,33 também fala sobre esse evento: “Dois outros homens, ambos criminosos, também foram levados com ele, para serem executados. Quando chegaram ao lugar chamado Caveira, ali o crucificaram com os criminosos, um à sua direita e o outro à sua esquerda.”

v.2,3 – O faraó irou-se com os dois oficiais, o chefe dos copeiros e o chefe dos padeiros, e mandou prendê-los na casa do capitão da guarda, na prisão em que José estava.

Ambos foram alvo da ira do rei e, por isso, foram presos junto onde José estava.

É interessante notar que o Padeiro e o Copeiro estão intrinsecamente ligados aos elementos que compõem a Ceia do Senhor: O Pão e o Vinho.

■ Assim, esses 2 homens juntos de José, também podem tipificar OS 2 ESTÁGIOS DE CRISTO, sua HUMILHAÇÃO e EXALTAÇÃO:

■ Em praticamente toda a história, José está personificando a figura messiânica, mas no capítulo 40, podemos ver TAMBÉM essa tipologia ao padeiro e ao copeiro: PÃO e VINHO.

v.4,5 – O capitão da guarda os deixou aos cuidados de José, que os servia. Depois de certo tempo, o copeiro e o padeiro do rei do Egito, que estavam na prisão, sonharam. Cada um teve um sonho, ambos na mesma noite, e cada sonho tinha a sua própria interpretação.

José os servia, isso aponta para Cristo que estava disponível para ambos os transgressores caso desejassem arrepender-se para a reconciliação com Deus.

v.6,7 –  Quando José foi vê-los na manhã seguinte, notou que estavam abatidos. Por isso perguntou aos oficiais do faraó que também estavam presos na casa do seu senhor: “Por que hoje vocês estão com o semblante triste?”

Depois de dizer isso, Jesus perturbou-se em espírito e declarou: “Digo-lhes que certamente um de vocês me trairá”. (João 13:21)

v.8 – Eles responderam: “Tivemos sonhos, mas não há quem os interprete”. Disse-lhes José: “Não são de Deus as interpretações? Contem-me os sonhos”.

Assim como o profeta Daniel, aqui José reconhece que a revelação vem de Deus:

 “Ele revela o profundo e o escondido;

conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.”

“… há um Deus no céu, o qual revela os mistérios”

“… Aquele, pois, que revela os mistérios te fez saber o que há de ser.”

(Daniel 2:22,28,29)

v.9-13 – Então o chefe dos copeiros contou o seu sonho a José: “Em meu sonho vi diante de mim uma videira, com três ramos. Ela brotou, floresceu e deu uvas que amadureciam em cachos. A taça do faraó estava em minha mão. Peguei as uvas, e as espremi na taça do faraó, e a entreguei em sua mão”. Disse-lhe José: “Esta é a interpretação: Os três ramos são três dias. Dentro de três dias o faraó vai exaltá-lo e restaurá-lo à sua posição; e você servirá a taça na mão dele, como costumava fazer quando era seu copeiro.

No sonho do chefe dos copeiros a videira teve um comportamento semelhante ao da vara de Arão que floresceu, de brotos e frutos – isso fala de um ministério aprovado que está sendo alimentado por Deus e cheio de milagres!

“… a vara de Arão, pela casa de Levi, florescia; porque produzira flores e brotara renovos e dera amêndoas.” Números 17:8

  • Jesus é a Videira!

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador.” João 15:1

Eu sou a videira…” João 15:5

  • Três RAMOS e Três CESTOS = 3 DIAS – O sinal de Jonas (Ressurreição)

Pois assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre de um grande peixe, assim o Filho do homem ficará três dias e três noites no coração da terra. (Mateus 12:40)

“E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.” João 17:5

“Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais” Efésios 1:20

Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens.” Efésios 4:8

v.14,15 – Quando tudo estiver indo bem com você, lembre-se de mim e seja bondoso comigo; fale de mim ao faraó e tire-me desta prisão, pois fui trazido à força da terra dos hebreus, e também aqui nada fiz para ser jogado neste calabouço“.

  • Lembre-se de mim…

Ao deixar por um momento seu reflexo messiânico, José está agora testemunhando ao lado daqueles que tomaram a simbologia do povo de Cristo que padece e anseia pelo favor do rei. Àquele que seria liberto da prisão, José diz:

“Lembra-te de mim quando tudo estiver indo bem com você” — Gênesis 40:14

“Lembra-te de mim quando vieres no teu reino” — Lucas 23:42

­

  • Nada fiz para ser jogado neste calabouço…

Nós estamos sendo punidos com justiça, porque estamos recebendo o que os nossos atos merecem. Mas este homem não cometeu nenhum mal“. (Lucas 23:41)

Assim como Jesus, José tinha noção de sua inocência. Porém, Deus sabia qual seria o melhor momento para que estivesse diante de Faraó. Ele estava preparando tudo para que esse momento fosse maravilhoso aos olhos do rei.

■ Cristo como o COPEIRO: Alguém que tinha uma posição ao lado do rei, desceu à prisão, e após 3 dias de sofrimento subiria e seria restituído à sua posição de estar novamente a destra do rei.

VINHO: no contexto da Nova Aliança representa o sangue, onde está a vida. A vida de Cristo e a sua Palavra são a matéria-prima da nova aliança (Jo 19:34). Faz todo o sentido então que o copeiro, encarregado do “vinho > sangue > vida”, siga com vida.

Subir a posição de antes para servir as taças do rei fala também do papel escatológico de Jesus, em que ele espreme o lagar da ira de Deus (Ap 14:19; Sl 75:8…) para que essas taças sejam derramadas trazendo os juízos dele sobre o Anticristo e os que o seguem. Cronologicamente isso se dá após a Sua ascensão aos Céus, assim como o copeiro, após sair da prisão e voltar ao seu posto.

v.16 – Ouvindo o chefe dos padeiros essa interpretação favorável, disse a José: “Eu também tive um sonho: Sobre a minha cabeça havia três cestas de pão branco. Na cesta de cima havia todo tipo de pães e doces que o faraó aprecia, mas as aves vinham comer da cesta que eu trazia na cabeça”. E disse José: “Esta é a interpretação: As três cestas são três dias. Dentro de três dias o faraó vai decapitá-lo e pendurá-lo numa árvore. E as aves comerão a sua carne“.

Assim como os 3 Ramos, as 3 Cestas também simbolizavam 3 dias.

■ Cristo como o PADEIRO: representa o PÃO (inclusive da Ceia do Senhor, que é Santo. Por isso, muitas pessoas dizem: “Santa Ceia”, o que não está errado). Foi moído (Is 53:5,10), padeceu e morreu.

v.20 – Três dias depois era o aniversário do faraó, e ele ofereceu um banquete a todos os seus conselheiros. Na presença deles reapresentou o chefe dos copeiros e o chefe dos padeiros:

  • Um banquete a todos os seus servos – Ap 19:9 Ceia das Bodas do Cordeiro

E o anjo me disse:

“Escreva: Felizes os convidados para o banquete do casamento do Cordeiro!

E acrescentou: “Estas são as palavras verdadeiras de Deus”.

Apocalipse 19:9

  • Cesto com todos os manjares, aves comerão a tua carne – Ap 19:16-21

Em seu manto e em sua coxa está escrito este nome:

REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES.

Vi um anjo que estava de pé no sol e que clamava em alta voz a todas as aves que voavam pelo meio do céu: “Venham, reúnam-se para o grande banquete de Deus,

para comerem carne de reis, generais e poderosos, carne de cavalos e seus cavaleiros, carne de todos: livres e escravos, pequenos e grandes”.

Apocalipse 19:16-18

v.21 – Restaurou à sua posição o chefe dos copeiros, de modo que ele voltou a ser aquele que servia a taça do faraó,

Representa os salvos que foram restaurados à imagem e semelhança de Deus.

v.22 – mas ao chefe dos padeiros mandou enforcar, como José lhes dissera em sua interpretação.

Assim como Judas Iscariotes (retirou-se e foi-se enforcar — Mateus 27:5) esses lembram aqueles que tinham acesso à comunhão no Corpo de Cristo, mas que deixaram as aves do céu — que aqui representa Satanás (Mc 4:4) roubar sua comunhão e deixa-lo sem sua porção. (não perca a comunhão — 1Co 11:27–29)

O padeiro foi pendurado numa árvore como símbolo de maldição (Dt 21:22,23), e de certo modo, Jesus, a fim de nos resgatar da maldição da Lei, se fez maldição por nós quando foi pendurado no madeiro. (Gálatas 3:13)

v.23 – O chefe dos copeiros, porém, não se lembrou de José; ao contrário, esqueceu-se dele.

Não se preocupe, mais à frente, no momento mais propício ele irá se lembrar de José justamente quando Faraó mais precisar dele (Gn 41:9–15) e isso vai proporcionar maior e mais permanente glória a José!

TEMA: CURSO BÍBLICO ONLINE – Gênesis 40

MATERIAL ELABORADO POR: Pr. Felipe Morais

COLABORAÇÃO: Pr. Abner Pereira

CONTEÚDO TEOLÓGICO SUPERVISIONADO POR: Pr. Rafael Mikio Ikeda Naka

Elaborado em Novembro de 2013

Revisado em Julho de 2019

PARCERIA

CURSO BÍBLICO ONLINE

IGREJA BATISTA RESTAURAÇÃO (Isesaki, Gumna Ken) — Japão

IGREJA BATISTA DO REINO (MG|SP|RJ) — Brasil

AIINB – Aliança de Igrejas Nipo-Brasileiras

  • NILJVERAS@HOTMAIL.COM disse:

    Glórias a DEUS que revelações tremendas,nunca tinha ouvido e nem prestado atenção nesses versiculos pastor filipe.Deus abençõe sempre